segunda-feira, 1 de novembro de 2010

1 ano e 4 meses

Meu neném lindo fez 1 ano e 4 meses ontem.. Lindo, maravilhoso, amo demais o meu filho!

Ele está cada vez mais esperto, e entende quase 100% do que falamos.. Mas ainda não fala.. Só papá, dadá e babá praticamente.Será por causa da chupeta? Já ouvi dizer que meninos falam depois das meninas, e que quem anda rápido, fala devagar.. será?
Eu falo: joga essa casca de banana no lixo! e ele vai lá no lixinho do banheiro e joga! Tão fofo!!! rs. Nós mães damos valor a cada coisa não é mesmo?@
Acho que um filho pode ou construir um lar harmonioso, ou chegar a destruir um relacionamento!!
No meu caso, ficou no meio termo.. Eu e o Fábio brigamos muito por causa do baby.. Muitas das brigas por causa da madrugada.. Os dois hiper cansados, tendo que levantar de madrugada quando o Marcello acorda. Normalmente, quando ele acorda, é rápido, em 98% das vezes só porque a chupeta não estava ao seu alcançe. Então colocamos a chupetinha na boca dele e pronto. Ele volta a dormir.. Mas é chato, no meio do soninho bom ter que levantar pra fazer isso.. Muitas vezes, eu estou dormindo, o Fábio acorda e me acorda pra eu ir ver o Marcello.. Poxa, se ele acordou e eu não, custava ele ir lá ver?! Fico p. da vida!!! Outras vezes ele vai dormir tarde vendo filme e eu vou dormir cedo.. Então quando o Cello chora, ele me cutuca falando que ele dormiu mais tarde, como se fosse minha obrigação levantar pq ele foi dormir mais tarde.. Aff. Fala sério !
Acho que ele devia ser mais compreensivo sabe? Eu trabalho o dia todo, volto pra cada rapidão, fico cerca de 1 hora com o Marcello, depois vou pra aula, onde fico até mais ou menos 23 hrs. Chego em casa e muitas vezes ainda varro e passo pano na casa, lavo a louça, lavo roupa etc etc..
Quando vou dormir estou exausta! Sei que ele cuida do neném enquanto estou na aula, mas quando ele dorme - por volta de 21:20, 21:30, ele fica mais a toa.. Ainda me chama de preguiçosa, se depois de todo esse meu dia, eu não quero levantar e faço ele ir.. Enfim..
Ando mal-humorada, estressada, cansada e desconto tudo isso nele! Talvez merecidamente.. talvez não..
Encontrei isso num site e achei legal:
"Todo o romantismo que existe hoje à volta de uma relação, existe à volta do nascimento de uma criança. As pessoas acham lindo ter um filho, mas não sabem de fato de que se fala quando se fala em ter um bebê .Há uma série de frustrações que é preciso saber gerir e tudo isto interfere na relação".